Quarta-feira, 21.11.07

“ Desde sempre que sonhei alcançar este dia. Desde que me colaste o rosto no chão que desejei erguer-me da escuridão e poder mostrar-te o verdadeiro eu.

É verdade… apesar de tudo, de toda a dor e humilhação, depois de becos e solidão voltei à luz e mereci o meu lugar.

Venci contra todas as probabilidades. Sou o que sempre fui, mas sem a pressão que exercias em mim. Sou mais livre. Sou mais verdadeira.

Não tenho medo de sorrir. E o caminho não me assusta.

Venci! E não mais me vou entregar ao sentimento de vulnerabilidade. Não mais vou entregar a coragem e ousadia que cresceram em mim.

Criaste defesas em mim. Fizeste de mim uma pessoa mais forte.

Odeio-te (sei que é duro mas é o que sinto) e para sempre odiarei por tudo o que me fizeste passar. Pela solidão que senti. Pelo medo que me invadiu.

Queria que soubesses o que sinto e espero que para sempre sintas o peso da derrota, pois és muito inferior a mim.

Saudações do pedestal onde nunca vais chegar,

AAA.”


Estou: Beleza dos pormenores
My Soundtrack: Plain White T's - Hate (I really don't like you)

publicado por Night_Angel às 20:28 | link do post | comentar | ver comentários (7)

Terça-feira, 20.11.07

 

“… e assim, sem saber bem porquê, vi-me na necessidade de escrever, porque nada do que te possa conseguir dizer irá exprimir a totalidade do que sinto cá dentro.

Nunca pensei um dia dizer isto, mas desde o primeiro dia em que te vi que senti que algo em nós se comlpletava. Não sei explicar o porquê, simplesmente senti que aquele momento estava destinado a ser.

O teu olhar roubou-me as memórias dolorosas do passado que teimava em desaparecer. O teu sorriso devolveu-me a alma que julgava perdida para sempre. As tuas palavras elevaram o meu ser.

Julguei que o mundo era perfeito, que tudo tinha encontrado o seu equilíbrio. Deixei a maré correr, não pressionei, se alguma coisa tivesse de acontecer, aconteceria certamente.

Por pouco não clarificámos o que sentiamos, por um segundo a compreensão total não nos tomou.

Mas algo em mim continuava a acreditar que tudo era perfeito de mais para se perder tão facilmente; outras oportunidades iriam surgir.

Mas não surgiram.

Não sei se caí no esquecimento, mas durante dias parecia que a minha existência te era indiferente; cheguei a pensar que a minha presença junto de ti não era desejada… afastavas-te quando eu me aproximava, ignoravas as minhas palavras, os meus olhares…

E uma parte de mim murchou nessa altura. “ Como foste ingénua ao pensar que a perfeição podia estar ao teu alcance?” pensava para mim durante aqueles momentos de solidão.

Julguei que tudo estava perdido, que tudo não tinha passado de uma mera ilusão…

Deixei de tentar aproximar-me de ti. Deixei de tomar atenção aos teus paços, de aguardar a tua chegada…

Até que um dia, voltaste… Não totalmente. Um pouco a medo diria. Mas voltaste. E o teu toque voltou a recair sobre mim. E o teu olhar pousou no meu. O sorriso voltou a surgir, desta vez sem ser forçado.

E eu floresci. Sem pensar no que poderá um dia ser, nem no caminho que vamos tomar. Alegrei-me por poder voltar a contar com a tua companhia.

Não sei o que aconteceu para me renegares... Mas fico feliz por teres voltado… A partir daqui o tempo o dirá.

Só quero que saibas que há algo que me prende a ti.

Que és especial mas que não sei dizer porquê.

Espero que percebas o que tentei dizer, mas as palavras sabem a pouco e a mestria para as controlar não é muita, e peço desculpa por isso, mas são elas que me põem mais à vontade.

                                                       With you ‘til the end…

                                                                                          AAA”

 


Estou: o teu toque 1a vez +
My Soundtrack: Plain White T's - Let me take you there

publicado por Night_Angel às 21:27 | link do post | comentar | ver comentários (1)

MiM
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Carta #2 (The anger of th...

CARTA #1 (Confidence of a...

arquivos

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds